quarta-feira, 20 de março de 2013

ALERGIAS ALIMENTARES

São cada vez mas comuns e podem levar à morte. A culpa é dos alimentos processados e dos aditivos a que o nosso corpo não está habituado.
Muitas vezes confunde-se com a intolerância alimentar, mas enquanto na primeira o corpo desenvolve anticorpos em reação a determinados alimentos, na segunda, o que existe é uma deficiência do organismo que não tem determinadas enzimas essenciais para digerir substâncias, como a lactose ou o glúten.
Alguns dos alimentos mais suscetíveis de causar alergias são ovos, caju, amêndoas, amendoim, nozes, chocolate, castanha, quivi, sésamo, marisco e caril.
Os Sintomas mais ligeiros podem limitar-se a erupções cutâneas, urticária (edema dos lábios e da garganta), falta de ar, náuseas e diarreia. Nos mais graves, pode haver uma reação anafilática, em que a inflamação da garganta é tão grande que impede a respiração, o que pode causar desmaios e até levar à morte. Nem sempre é preciso ingerir os alimentos, nalguns casos a simples inalação ou toque é suficiente.
Nas crises agudas, administram-se anti-histamínicos e corticoides. Existem ainda kits de adrenalina de emergência para combater choques anafiláticos. solução é evitar os alimentos causadores de possíveis alergias.

 

Sem comentários: