quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

O ELEMENTO AR

É o elemento moderadamente masculino YANG é quente e húmido.
 
Este elemento fala de percepção mental: de idéias, ideais, obsessões, visões, imaginações, criações e desejos.
Expressa a energia vital que tem sido associado à respiração. É o mundo das ideias arquitectónicas para além do véu do mundo fisco.
A comunicação só é possível através do ar. O Ar é a capacidade mental ou  a sociabilidade. É a forma de como se comunica, da troca de ideias, da tendência para os relacionamentos sociais. Representa o infinito, o intocável.
O ar é leve e essencial ao movimento; quando o elemento Ar está em equilíbrio, existe graça nos movimentos físicos, percepção equilibrada e boa comunicação com os outros.
A energia é aérea, ligeira, evasiva; pode ser inerte, fria, imóvel, imaginativo. É a vítima.
Está relacionado com os órgãos que organizam a nossa vida. O ar ajusta-se a todos os elementos e envolve-os.
A nível do pé, o elemento Ar encontra-se na cavidade craniana, desde as clavículas até à coroa craniana, passando pelos dedos e representa o sistema nervoso central, o cérebro e a pele.
 
Os aspectos observáveis no pé do elemento Ar são: zonas vazias, pé frio, seco, de cor clara, músculos hipotónicos (moles) e muito delicados e existência de pele vazia, como  “sem carne”.
 

Sem comentários: