domingo, 9 de dezembro de 2012

REFLEXOLOGIA E OS ORGÃOS DOS SENTIDOS

Estes órgãos registam sensações internas e externas ao corpo e como o próprio nome diz dão sentido à nossa  vida e é por meio deles que tomamos conhecimento do mundo ao nosso redor e do funcionamento interno do corpo
Olhos – para a visão. A estrutura e o funcionamento do olho são complexos e fascinantes. O olho ajusta constantemente a quantidade de luz que deixa entrar, foca os objectos próximos e distantes e gera imagens contínuas que instantaneamente são transmitidas ao cérebro. Desempenham também um papel importante no equilíbrio posicional, coordenando as informações com as do ouvido interno.
Pele  - para o tacto. A pele não é apenas uma camada protectora. É um sistema que regula a temperatura corporal, recebe os estímulos de dor e de prazer, não permite que determinadas substâncias entrem no organismo e representa uma barreira protectora face aos efeitos prejudiciais do sol.. Qualquer alteração no funcionamento ou no aspecto da pele pode ter consequências importantes para a saúde física e mental. Tem duas camadas a derme e a epiderme.
Ouvidos - para a audição. O ouvido, o órgão da audição e do equilíbrio, é formado pelo ouvido externo, pelo médio e pelo interno. O ouvido externo capta as ondas sonoras, que o ouvido médio se encarrega de converter em energia mecânica. O ouvido interno converte a energia mecânica em impulsos nervosos, que em seguida são levados até ao cérebro. O ouvido médio ajuda a manter o equilíbrio.
Língua - para o paladar. A língua ajuda a sentir o gosto, a engolir e a falar. Reconhece 4 sabores básicos: salgado, amargo, doce e azedo.
Nariz - para olfacto é o canal mais importante pelo qual entra e sai o ar dos pulmões. O nariz também acrescenta a ressonância à voz, e tanto os seios perinasais como os canais lacrimais vertem (drenam) nele o seu conteúdo. A parte superior do nariz é formada por osso e a parte inferior por cartilagem.
As áreas reflexas do olho, do ouvido, do nariz e língua estão todas situados nos 5 dedos e são muito fáceis de ser acedidas, quer seja durante o tratamento quer no processo de autoajuda.
A Reflexologia é extremamente eficáz no tratamento dos orgãos dos sentidos.
 

Sem comentários: