quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

EXCESSO DO ELEMENTO TERRA

A Terra em excesso faz com que a pessoa tenda a ser um pouco pesado, só acredita no que vê e possa tocar; e seja muito  pragmática. Há uma tendência a ser flegmática e excessivamente prática. Pode tornar-se utilitária, avarenta, observar muito as aparências e ter obsessão pelo trabalho. Muitas vezes é tão materialista que não tem noção das suas ações. É pessimista, com visão estreita e quer sempre mais e mais satisfação.

Os aspetos possivelmente observáveis por excesso do elemento Tera são:

  • Pé largo, pesado e quente;
  • O calcanhar aparece mais marcado que qualquer outra parte do pé;
  • Apresenta uma pele bastante seca e com gretas, escamada e escurecida;
  • Calosidades;
  • Fendas acentuadas;
  • Veias varicosas;
  • Falta de flexibilidade;
  • Hipertrofias musculares e ósseas;
  • O arco longitudinal medial é praticamente inexistente (designado de pé chato);
  • Dedos curtos ou então torcidos, unhas duras, grossas e gretadas.
Fisiologicamente pode manifestar-se num corpo pesado e rijo, com tendência a: menstruação difícil e dolorosa, fadiga, fibromiomas, músculos pélvicos sempre tensos e problemas vasculares nos membros inferiores.
Obstipação, hemorroidas, infeções urinárias, dores ciáticas e tromboflebites assim como a próstata dilatada, ejaculação precoce ou dificuldade em ejacular são outras das patologias da presença de excesso do elemento terra.
Psicologicamente estas pessoas ficam agarradas à sua maneira de ser; são obstinados, insensíveis, estáticos, lentos em perceber novas ideias e arraigados aos seus pensamentos e padrões de hábitos, têm a necessidade de reforçar a sua autoconfiança mediante uma segurança material. A Cobiça, sensualidade violenta e agressiva e a tendência para tudo o que é físico e material  são outras características apresentadas. A família e/ou a estrutura familiar e social são muito importantes para estes indivíduos., no entanto chocam com os outros em questões de sexo e dinheiro e muitas vezes para eles udo é uma questão de vida ou morte.

Sem comentários: