terça-feira, 15 de outubro de 2013

GLÂNDULAS SEXUAIS.


Também conhecidas como gonadas,  elas não servem só para a reprodução, são também responsáveis pelo equilíbrio da personalidade. O seu bom funcionamento é fundamental para o desenvolvimento espiritual. A vontade, o sentido moral e o espírito de integração são da responsabilidade desta glândula.

As glândulas sexuais têm duas funções:

  • Uma exócrina, que produz os espermatozoides no homem
  • Uma endócrina que produz a testosterona nos homens e o estrogénio nas mulheres.
No funcionamento destas glândulas há uma oposição funcional, a parte endócrina não funciona de acordo com a parte reprodutora.
Quando há um estímulo sexual, a parte reprodutora, dilata-se e provoca uma atrofia da parte intersticial que produz as hormonas.
Quando está em estado latente, a parte intersticial hipertrofia-se, atrofiando a parte reprodutora.
Sempre que nos centramos, favorecemos a ação da célula intersticial em detrimento da atividade sexual.

MASCULINAS: Os testículos, nos quais são formados os espermatozoides, segregam vários hormônios sexuais masculinos que são coletivamente chamados de androgênios, e que incluem a testosterona, diidrotestosterona e androstenodiona.

FEMININAS: Os ovários são os centros endócrinos e germinativos da mulher, e a caracterizam como tal. As duas hormônas, o estrogênio e a progesterona, são responsáveis pelo desenvolvimento sexual da mulher e pelo ciclo menstrual.





1. testículos; 2. epidídimos; 3. canais deferentes; 4. próstata; 5. vesícula seminal; 6. bexiga; 7uretra; 8. ovário; 9. trompas de falópio; 10. útero; 11. colo utritno.


 

Sem comentários: