terça-feira, 1 de outubro de 2013

VISHUDDHA - TEXTO PARA MEDITAR


Oh Senhor!

Se, respeitando as tuas regras, como apenas uma vez por dia e, apesar disso, a cólera, a inveja e o rancor não me saem do pensamento, então é em vão respeitar tudo isso,

Se visitando um templo, adoro Deus nas flores e rezo o Seu nome no rosário e, apesar disso o egoísmo, a voluptuosidade e o apego continuam presentes nas minhas ações, então a minha adoração é enganadora.

Se, recitando orações, frequento a companhia dos santos e medito e a pesar disso o orgulho e a arrogância não desaparecem da minha mente, então, as práticas espirituais são artificiais.

Se, entrando em retiro, desenvolvo o desapego, guardo silêncio e, apesar disso, as emoções continuam na mente e não consigo esquecer-me do meu corpo, então, a minha austeridade é completamente vã.

Oh Senhor! Se a Ti oro, se repito o teu Nome e se, apesar disso, o amor, a a compaixão, a amizade e a felicidade não surgem na minha vida, então a minha relação contigo nunca foi justa.

 - Swami Sivananda

 


 

Sem comentários: